Alan Santos | PR

O presidente Jair Bolsonaro (PL) chamou neste sábado, 11, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Roberto Barroso de “mentiroso” e “sem caráter” ao comentar declarações do magistrado em relação a afirmações sobre fraudes nas urnas.

“Eu não estou atacando a Justiça Eleitoral, eu estou atacando o Barroso, que não tem caráter”, afirmou o presidente em frente a uma churrascaria em Orlando, na Flórida (Estados Unidos).

Na ocasião, Bolsonaro também criticou o ministro Alexandre de Moraes, responsável pelos inquéritos das fake news, onde também é investigado, questionando “o que ele tem na cabeça” e “o que está ganhando com isso”. “Quais são seus interesses? Ele está ligado a quem? Ou é um psicopata? Ele tem um problema”, disparou.

Ele ainda falou sobre condenação do deputado bolsonarista Daniel Silveira (PTB-RJ). Segundo Bolsonaro, Moraes continua perseguindo o parlamentar apesar do perdão presidencial. “Agora, bloqueando o celular da esposa dele, que é a advogada que o defende”, disse.

O presidente ainda criticou a atitude do presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Edson Fachin, em convidar observadores internacionais para as eleições de 2022. “O que esses observadores vão fazer lá? Observar? Olha, a não ser que ele tenha um olhar de super-homem que possa observar programas, microchips. Qual a qualificação desses observadores?”, perguntou.

Fonte: A Tarde

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.