Com a chegada do verão, os cuidados com os cabelos tornam-se essenciais para manter a beleza dos fios. A estação mais quente do ano traz consigo desafios específicos para a saúde capilar, desde os danos causados pela radiação solar até os efeitos adversos do contato com água salgada e clorada.

O médico dermatologista especializado em tricologia da Capeclinica, Cassyo Tornesi, traz dicas valiosas para garantir que os cabelos continuem brilhando durante a estação mais quente do ano, desde a escolha de produtos adequados até orientações específicas para situações específicas, proporcionando um guia completo para manter a vitalidade e a beleza dos fios durante o calor. Confira!

  1. Proteção solar capilar

A exposição prolongada ao sol pode causar danos irreversíveis aos cabelos. Cassyo recomenda o uso de chapéus ou lenços para proteção, além de produtos capilares com filtro UV para minimizar os danos causados pela radiação ultravioleta.

  1. Cuidados na praia ou piscina

Para aqueles que curtem atividades no mar ou na piscina, é crucial considerar os efeitos desidratantes do sal do mar e do cloro. “A recomendação é enxaguar os cabelos com água doce e aplicar um condicionador leave-in, a fim de repor a umidade perdida e garantir a vitalidade dos fios”, recomenda o dermatologista.

  1. Cuidados específicos para cabelos quimicamente tratados

Cabelos com química necessitam de atenção especial. Dr. Cassyo sugere, inclusive, o uso de produtos específicos e a redução da frequência de lavagens para evitar danos como desbotamento e ressecamento.

  1. Cuidados pós-transplante capilar

Para aqueles que passaram por um transplante capilar, evitar a exposição direta e prolongada ao sol é fundamental, especialmente nos primeiros meses. O uso de bonés ou chapéus é orientado mesmo em dias nublados.

  1. Dieta e saúde do cabelo

A saúde do cabelo está diretamente ligada à dieta. Dr. Cassyo, inclusive, destaca a importância de uma alimentação equilibrada, rica em proteínas, vitaminas (A, C, D, E) e minerais para manter a vitalidade dos cabelos. Deficiências nutricionais podem levar à queda de cabelo, sabia?

  1. Lavagem e hidratação adequada

A lavagem dos cabelos deve ser feita conforme a necessidade, considerando o tipo de cabelo. A hidratação, com o uso regular de máscaras hidratantes, é fundamental.

  1. Uso moderado de produtos químicos

Produtos como parafina e clareadores exigem moderação. O médico indica hidratar os cabelos após os tratamentos e considerar alternativas menos agressivas, como tinturas sem amônia, henna e colorações temporárias.

“É interessante experimentar máscaras caseiras feitas com ingredientes como abacate, banana, mel e aloe vera. Estes ingredientes oferecem excelente hidratação sem o uso de químicos”, afirma.

  1. Técnica do óleo antes da máscara

A aplicação de óleo antes da máscara de hidratação pode potencializar a absorção de nutrientes, especialmente em cabelos secos. No entanto, é importante observar a resposta individual dos cabelos a essa técnica.

O dermatologista ressalta a crucial importância de selecionar produtos de maneira adequada, levando em consideração o tipo e a condição específica do cabelo. “Antes de aplicar qualquer novo produto em toda a extensão capilar, especialmente se for a primeira vez, é altamente recomendado realizar um teste de mecha, que é uma precaução ao aplicar produtos capilares, como tinturas, envolvendo a aplicação de uma pequena quantidade para avaliar reações e evitar danos antes do uso completo”, enfatiza.

Capeclinica

A Capeclinica é o braço do Instituto Gris especializado em cuidados médicos capilares completos e inovadores, oferecendo tratamentos tecnológicos minimamente invasivos e resultados naturais. Sediada em Curitiba, ela dispõe de diversos procedimentos, entre os quais estão o transplante de cabelo, sobrancelhas e barba.

Fonte: Bahia Recôncavo

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X