Arquivo I Agência Brasil

O Brasil registrou na cidade de Ponta Porã, no Mato Grosso, o primeiro caso provável da hepatite misteriosa que tem aparecido ao redor do mundo e causa curiosidade nos órgãos de saúde. O caso é de uma paciente que teve febre, mal-estar, náuseas e itcterícia, sintomas comuns da doença.

Segundo o Ministério da Saúde, porém, ainda não há casos confirmados da doença no país, já que ainda ainda não houve confirmação laboratorial ou carece de vínculo epidemiológico. A pasta também apura se seis mortes foram causadas pela doença. Outros 68 casos suspeitos de hepatite aguda estão em investigação.

Os estágios de classificação dos casos são suspeito, provável (quadro compatível com a doença) e confirmado, quando o caso apresenta resultados de exames laboratoriais ou clínicos. 

A hepatite é uma inflamação do fígado e pode ser causada por diversos fatores, o mais o comum as infecções virais e consumo excessivo de álcool. As heptatites podem ser causadas por vírus e pelo próprio sistema imune. 

Em relação a hepatite aguda misteriosa, o vírus que causa a doença ainda não foi identificado e a suspeita é de que uma mudança no genoma de um adenovírus possa ser a causa deste surto. Os adenovírus são os vírus causadores dos resfriados comuns.

A Agência de Segurança de Saúde do Reino Unido listou os sintomas observados nas crianças com a doença: Febre, icterícia (pele amarelada), convulsões, perda de consciência, urina Escura ou fezes claras, dores nas articulações e dores musculares, náuseas, vômitos ou dor abdominal, perda de apetite e prurido (coceira em diferentes pontos da pele sem razão aparente).

Fonte: A Tarde

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.