O Governo da Bahia anunciou a desmobilização de 311 leitos para pacientes com Covid-19, em 10 hospitais do estado, após a redução no número de infectados. A informação foi publicada no Diário Oficial deste sábado (25).

Desse total, 50 serão desmobilizados no Hospital Geral Clériston Andrade, em Feira de Santana, cidade a cerca de 100 quilômetros de Salvador.

Além disso, a prefeitura de Feira de Santana anunciou o fechamento do Hospital de Campanha, montado para ser uma das referências para atendimento a pacientes diagnosticados com Covid-19. A unidade será fechada na próxima quinta-feira (30).

Ele foi inaugurado em junho de 2020, com 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 50 de enfermaria, mas como houve aumento no número de casos, a capacidade foi ampliada para 18 leitos de UTI.

Segundo a prefeitura de Feira de Santana, a unidade contava com 10 leitos de UTI e 10 de enfermaria. Na sexta-feira (24), o hospital atendia apenas um paciente na UTI e outro na enfermaria.

No auge da pandemia, a Bahia chegou a  contar com 1.624 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 1.835 clínicos.

Fonte: G1 Bahia / Repost: Bahia Recôncavo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *