A Diocese de Cruz das Almas celebra nesta quarta-feira, 15, a Festa de Nossa Senhora do Bom Sucesso, Padroeira da cidade. No entanto, durante muito tempo essa celebração aconteceu na primeira semana de dezembro.

História de Nossa Senhora do Bom Sucesso

Os primeiros registos sobre a origem da invocação da Virgem Maria, Mãe de Jesus Cristo, sob o título de Nossa Senhora do Bom Sucesso ocorreu em Lisboa, Portugal, no século XVI ou XVII.

Entretanto, o título Nossa de Senhora do Bom Sucesso da Purificação, ou somente, Nossa Senhora do Bom Sucesso surgiu na America do Sul, mais precisamente em Quito no Equador. Rege a lenda que após a aparição da Virgem Maria a Madre Mariana Francisca de Jesús Torres y Berriochoa (1563-1635), nessa cidade a ela aceitou sacrifícios e sofrimentos sem precedentes que lhe foram diretamente solicitados por Nosso Senhor e Nossa Senhora.

No Brasil, a devoção à Nossa Senhora do Bom Sucesso é bastante popular e conhecida em diversas cidades. Sendo assim, na Bahia duas cidades em Cruz das Almas em Ibitiara, diocese de Livramento de Nossa Senhora, paróquia de 1877.

A Diocese

A primeira paróquia de Nossa Senhora do Bom Sucesso foi instalada no século XIX em 1815. Já a Diocese de Cruz das Almas foi criada pela Santa Sé no dia 22 de novembro de 2017 pela Constituição Apostólica “Ut Crescat” do Papa Francisco. Localizada no Recôncavo Sul da Bahia, distante 146 quilômetros da capital Salvador, foi desmembrada do território da Arquidiocese Primaz de São Salvador da Bahia.  A instalação da nova Diocese foi realizada no dia 28 de janeiro de 2018 durante Celebração Eucarística presidida pelo Núncio Apostólico no Brasil, Dom Giovanni D’Anielo, quando também aconteceu a posse do primeiro bispo diocesano, Dom Antonio Tourinho Neto.

No Município a diocese foi é composta por 17 paróquias, 185 comunidades e 10 municípios, a saber: Cabaceiras do Paraguaçu, Cachoeira, Cruz das Almas, Governador Mangabeira, Maragogipe, Muritiba, Santo Amaro, São Félix, Sapeaçu e Saubara.

Repost: Bahia Recôncavo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *