Em entrevista nesta segunda-feira (27) a Mário Kertész, na Rádio Metropole, o reitor da Universidade Federal da Bahia, João Carlos Salles, falou sobre o retorno das aulas presenciais na universidade depois de 18 meses de ensino à distância.

Segundo Salles, o próximo semestre, que começa em fevereiro, já deve ser presencial.  “Vamos aguardar o final de outubro, início de novembro para fechar essa questão. Os números da pandemia vão nos ajudar a entender a possibilidade. Mas estamos trabalhando para que em fevereiro façamos essa retomada. Claro, com todos os cuidados necessários. Algumas matérias talvez ainda exijam ensino remoto. Mas importante dizer que nunca paramos. A universidade teve aula remota durante todo esse tempo”, disse.

Salles também falou sobre os ataques do governo federal à autonomia universitária quando nomeia um reitor fora da escolha da comunidade acadêmica. “Pegam os modelos de fora do país para falar em tal lugar não tem eleição do reitor. O que pode funcionar lá fora, não pode ser medida para nós. Nossas universidades são verdadeiras comunidades. Essa é a realidade do Brasil. Se quebrar a nossa escolha democrática isso se atenta contra a autonomia universitária. Esse governo busca até judicializar escolhas e nomear reitor. Não se pode aceitar isso”.

Fonte: Metro 1 / Repost: Bahia Recôncavo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *