O projeto de lei que cria o Mapa Municipal da Violência, de autoria do Vereador Pablo Rezende (PT) foi lido na Câmara Municipal na sessão de hoje (20). A proposta do Mapa é registrar, organizar e divulgar informações principalmente sobre os homicídios, suicídios mas também sobre outros tipos de crimes cometidos em Cruz das Almas, contribuindo para a elaboração de políticas públicas de combate e, principalmente, de prevenção à violência.

Segundo o Parlamentar, essa é uma realidade que só pode ser enfrentada com inteligência e estratégia, e políticas públicas com essa natureza precisam de dados e de informações para serem elaboradas. Entretanto, o município não dispõe atualmente de nenhum mecanismo governamental com este caráter, e a divulgação  e caracterização dos crimes violentos em Cruz das Almas tem estado a cargo apenas da imprensa. 

O Mapa Municipal da Violência deve apresentar indicadores por gênero, raça e idade das vítimas, além da localização das ocorrências, contribuindo para o diagnóstico das áreas mais vulneráveis e de perfis de quem é assassinado. Esse é um passo extremamente importante, sobretudo para as nossas periferias, massacradas de forma cotidiana com a perda de vidas da nossa juventude negra e pobre. Fonte: Assessoria / Repost: Bahia Recôncavo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *