UFRB também aprova disciplina sobre ‘golpe’

Cruz das Almas

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) também aprovou a oferta da disciplina optativa “Tópicos Especiais em Política: O golpe de 2016 e o futuro da democracia no Brasil”, no curso de Ciências Sociais.

“A oferta da disciplina é parte de uma campanha nacional de defesa da liberdade de cátedra e da autonomia universitária, ameaçadas pela posição do Ministro da Educação em proibir a realização da disciplina ‘O golpe de 2016 e o futuro da democracia no Brasil’ ofertada no Instituto de Ciência Política da Universidade de Brasília (IPOL-UNB), pelo professor Luís Felipe Miguel”, disse o docente da instituição, Antonio Eduardo Oliveira, em uma postagem no Facebook.

Universidade Federal da Bahia (Ufba) já havia anunciado que oferecia a disciplina. Nesta segunda-feira (5), o secretário estadual de Desenvolvimento Econômico (SDE), Jaques Wagner(PT), chamou o ministro da Educação, Mendonça Filho (DEM), de “autoritário”, ao acionar o Ministério Público para que seja apurada a suposta prática de “improbidade administrativa” por parte dos responsáveis pela criação da disciplina “O golpe de 2016 e o futuro da democracia no Brasil”, na Unb.

O vereador de Salvador, Alexandre Aleluia (DEM), ingressou com uma ação popular na 16ª Vara Federal pedindo a suspensão da disciplina que será ofertada pela Ufba.

*

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos na Programação Santa Cruz FM 87.9 baixe nosso aplicativo aqui!, Siga-nos nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram!

Deixe uma resposta