Por 10 a 1, STF decide dar sequência a denúncia contra Temer

Entretenimento

Por 10 votos a um, o Supremo Tribunal Federal (STF) votou pelo prosseguimento da denúncia apresentada pelo ex-procurador-geral da República, Rodrigo Janot, contra o presidente Michel Temer (PMDB) à Câmara, nesta quinta-feira (21).

Apenas o ministro Gilmar Mendes foi contrário a dar sequência à acusação formal.

O peemedebista é acusado de participar de organização criminosa e de obstrução de justiça. A defesa do presidente pede a suspensão do envio da denúncia para que as possíveis ilegalidades no acordo de delação de Joesley Batista sejam apuradas.

A peça será submetida à votação na Câmara de Deputados e precisa de aceitação de 324 parlamentares (dois terços da Casa).

Deixe uma resposta