Corregedoria é acionada após ‘quebra pau’ na Câmara de Salvador

Os sete integrantes do Sindicato dos Servidores da Prefeitura de Salvador (Sindseps) envolvidos no ‘quebra pau‘ na Câmara Municipal de Salvador (CMS), durante votação do Projeto de Lei Complementar (PLC) 01/2018, já foram identificados e encaminhados para a Corregedoria, conforme esclareceu o presidente da Casa, vereador Leo Prates (DEM).

De acordo com Prates, os danos causados à Casa ainda não foram recuperados. A balaustrada que divide a galeria do plenário chegou a ser danificada durante a confusão. No ato, o democrata chegou a afirmar que iria judicializar o caso, mas voltou atrás nesta quarta-feira, ao dizer que “refletiu em conjunto” com os demais vereadores, decidindo por fim pela punição individual.

“Ainda não conseguimos recuperar tudo, tivemos equipamentos históricos quebrados. Todos [os vereadores] entenderam que o melhor caminho era a apuração criteriosa, o estudo das medidas judiciais possíveis. As pessoas já foram devidamente identificadas e cadastradas. Sete foram encaminhados para a Corregedoria. Cabe a Edvaldo Brito (PSD) e José Trindade (PSL) dizer o que a Câmara pode fazer enquanto instituição”, explicou.

*

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos na Programação Santa Cruz FM 87.9 baixe nosso aplicativo aqui!, Siga-nos nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram!

Deixe uma resposta