Cantor relembra vício em drogas quando morava na rua: “cheirava para inibir a fome”

O cantor Latino foi o convidado do programa “The Noite”, do SBT, na noite de segunda-feira (6). Na ocasião, ele confessou que usava drogas para inibir a fome quando era morador de rua.

“Naquele momento eu cheirava muita cola para inibir a fome, as drogas nossas eram cola de sapato. Quando eu tinha 9, 10 anos, minha mãe tinha casado com um gringo e me deixou com meu pai. Foi um momento muito difícil, meu pai tinha me expulsado de casa, eu estava morando com uma tia muito humilde em Engenho de Dentro e, quando eu ia para o centro do Méier, passava dias sem voltar para casa”, contou ao apresentador Danilo Gentili.

Segundo o artista, com o tempo a situação melhorou. “Depois virei o cara que intermediava os moleques de rua e os pregadores. Engraxava o sapato deles, comia os restos de comida deles. Cruzei por um ano ou dois com eles ali e fui muito bem tratado. Tenho muita gratidão.”

Durante a entrevista, ele também agradeceu a sua mãe, Regina Dirce de Souza: “Ela descobriu e mandou uma passagem pros Estados Unidos. O Edir Macedo falou: ‘Vai, vai ser bom para você’. Se eu não tivesse seguido os conselhos deles, talvez não tivesse seguido o caminho que segui”, declarou.

*

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos na Programação Santa Cruz FM 87.9 baixe nosso aplicativo aqui!, Siga-nos nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram!

Deixe uma resposta