‘O sertanejo sempre foi um estilo machista’, diz Marília Mendonça

A cantora Marília Mendonça confirmou, em sua participação no programa Altas Horas deste sábado (4), que a maioria de suas letras se baseia em experiências pessoais e falou sobre sua inserção no sertanejo, que “sempre foi considerado um estilo muito machista”.

“Eu fui me enfiando onde me cabia. Quando eu comecei na composição, eu fui contando histórias em que a mulher se dava bem. Lá onde tudo era mulherada, balada, carro, eu fui trazendo junto com os compositores que faziam música comigo… colocando a mulher atual que está com ele para cima”, afirmou Marília.

Sobre o processo de composição, a cantora disse que viveu “algumas histórias que não terminaram felizes como na música”. “Eu não tive muita sorte aí por onde eu passei não. É mais fácil falar assim”, declarou.

*

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos na Programação Santa Cruz FM 87.9 baixe nosso aplicativo aqui!, Siga-nos nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram!

Deixe uma resposta