Bruna Marquezine revela que já sofreu assédio na Globo

A atriz foi uma das artistas que participaram da campanha “#MexeuComUmaMexeuComTodas”, logo após o caso envolvendo José Mayer e Su Tonani

Os casos de assédio sofridos por mulheres no ambiente de trabalho são uma dura realidade no Brasil. Na Globo, a maior emissora de televisão do país, o assunto também não é novidade, basta relembrar o caso emblemático entre o galã José Mayer e a figurinista Su Tonani, que sacudiu o país.

Dessa vez, em conversa com a revista Cosmopolitan, Bruna Marquezine revelou que também foi alvo de assédio na emissora.

“Nessa minha virada [de menina para mulher], eu passei por casos de assédio, inclusive dentro do Projac. As pessoas misturam muito a personagem e a artista”, afirmou.

Bruna foi uma das atrizes que participaram da campanha “#MexeuComUmaMexeuComTodas”, logo após o caso envolvendo José Mayer e Su Tonani.

A fama, inclusive, trouxe outros problemas para a atriz que cresceu diante dos olhos do público. “Eu me sentia muito triste. Chegou um momento em que parei e fiquei me perguntando o que era aquilo que eu estava vivendo e o que estava acontecendo. Um dia eu era vista como criança. No dia seguinte estavam falando que fui vista com um, com outro, foi um susto! Foi o único momento em que pensei em desistir”, desabafou a artista.

Deixe uma resposta